Conversores VKAD485

Nossos conversores são uma solução confiável e de baixo-custo para integração entre equipamentos de campo e sistemas de transmissão de dados sem fio.
Os módulos de conversão VKAD485 trabalham aos pares permitindo a transmissão simultânea e bidirecional de sinais analógicos e digitais por meio uma interface RS-485. Basta conectar os sinais de entrada e os dados são projetados nas saídas do seu par. Ideal na integração de sistemas de monitoramento de variáveis de processo como nível, vazão, temperatura, pressão e controle de bombas e válvulas em geral, em aplicações de longa distância com comunicação via rádio modem.
Como alternativa, os módulos VKAD485 podem operar como escravos em uma rede Modbus RTU, tornando-se pontos de I/O remotos para sistemas de telemetria integrados a CLPs e/ou Sistemas Supervisórios.

 
Aplicações:
Monitoramento e controle via rádio de:
Nível, vazão, pressão, temperatura, bombas e válvulas

Categoria
  • Especificação
  • Características
  • Princípio de Operação
  • Mídia

Especificação

Geral
Alimentação:
24Vcc

Dimensões:
216x71x39mm

Montagem:
trilho DIN

Entradas
02 Analógicas 4-20mA
08 Digitais fotoacopladas

Rede
Comunicação:
RS-485, 9600 8-N-1

Modo ponto a ponto:
até 4 pares por rede

Modo Modbus RTU:
até 8 escravos por rede

Saídas
02 Analógicas 4-20mA
08 Digitais a relé
01 Digital a relé para link

Características

Variavel

Telemetria

Segmento

Automotivo, Cimento e Vidro, Cosméticos, Alimentos e Bebidas, Energia, Farmacêutico, Gases Industriais, Metalurgia, Mineração, Óleo e Gás, Papel e Celulose, Químico e Petroquímico, Saneamento Ambiental, Siderurgia, Açúcar e Álcool, Portos

Funcionamento
Os conversores VKAD485 possuem uma forma de comunicação que monitora continuamente o estado das entradas analógicas e digitais, codificando estas informações em pacotes de dados seriais que são enviados pela porta RS-485 disponível.
Os módulos VKAD485 podem operar em dois modos de rede, o modo ponto a ponto e o modo Modbus RTU.
No modo de rede ponto a ponto, os módulos VKAD485 trabalham em pares, onde cada par é formado por um módulo MESTRE e um ESCRAVO. O módulo MESTRE solicita ao módulo ESCRAVO, o estado de suas entradas e acionamento de suas saídas. O módulo ESCRAVO então responde à requisição do módulo MESTRE, enviando os dados de suas entradas, que por sua vez, acionarão as saídas do modulo MESTRE.
No modo de rede Modbus RTU, os módulos VKAD485 trabalham como escravos em uma rede Modbus RTU, tornando-se pontos de I/O remotos comandos por um dispositivo MESTRE externo, como um CLP ou Sistema Supervisório, por exemplo.
Cada VKAD485 possui um contato de relé exclusivo para indicação de link entre o par. Este contato possui um temporizador que desaciona o relé após 20 segundos a partir da perda de comunicação entre os módulos. A partir do momento que a comunicação é restabelecida, o relé é energizado novamente.